Tecnologia

Embrapa e UFGD presenteiam Dourados com nova estação agrometeorológica

No dia 20 de dezembro, Dourados completa 87 anos. Uma parceria entre Embrapa e UFGD, viabilizou a integração de uma nova estação agrometeorológica na base de dados climáticos do Guia Clima.

Está em funcionamento e de forma integrada ao sistema Guia Clima, mais uma estação agrometeorológica. A nova estação, a quarta do Guia Clima, está instalada na área da Fazenda Experimental de Ciências Agrárias da UFGD. Essa estação fica na região Oeste do município de Dourados (MS), há cerca de 20 km de outra estação localizada na Embrapa Agropecuária Oeste, no Sul do município e é uma das mais antigas do Estado, com mais de 40 anos de dados organizados de forma digital.

“Tanto o município quanto toda a região da Grande Dourados será beneficiada por essa nova estação. Com esse maior número de dados gerados, as informações serão ainda melhores e mais representativas, subsidiando o produtor rural na adoção de tecnologias e na melhor tomada de decisão” afirma Harley Nonato de Oliveira, chefe geral da Embrapa Agropecuária Oeste.

Ele salienta ainda a importância da parceria entre as instituições e explica: “A sintonia entre Embrapa e UFGD beneficia a sociedade. Através do fortalecimento do relacionamento entre as instituições, conseguiu-se agregar valor e tornar ainda mais robustas as informações geradas pelo sistema Guia Clima”.

Jones Dari Goettert, reitor da UFGD, explica que desde os tempos do antigo CEUD, há mais de cinco décadas, a UFGD tem professores e alunos envolvidos em ações de extensão e pesquisas que buscam fomentar o setor agrícola e pecuário de Mato Grosso do Sul e acrescenta “a UFGD está alinhada com a missão da Embrapa e, por isso, temos um histórico de parcerias no desenvolvimento de pesquisas, dias de campo, palestras e outros eventos”.

Goettert destaca que essa parceria que agora está integrando a rede de estações meteorológicas da Embrapa são relevantes, tanto para as pesquisas de campo realizadas na Fazenda Experimental, quanto para o banco de dados da Embrapa e enfatiza “agricultores de todo o Brasil acompanham diariamente os dados disponibilizados no Guia Clima e, com a estação instalada na UFGD, contribuímos para aprimorar a exatidão dos dados do clima em nossa região”.

“Esses dados, sem dúvidas, auxiliarão no planejamento das atividades agrícolas, irão aperfeiçoar os trabalhos do zoneamento agroclimático (ZARC) e contribuirão para a prática da agricultura de precisão”, completa. O reitor acrescenta ainda que “este é o impacto positivo, resultante dessa parceria entre a Embrapa e a UFGD, duas instituições consolidadas e com compromisso na promoção da ciência e, sobretudo, do desenvolvimento social”.

Monitoramento

O pesquisador Danilton Luiz Flumignan, da Embrapa Agropecuária Oeste, informa que na nova estação estão sendo medidos os seguintes dados: pressão atmosférica, temperatura e umidade relativa do ar, radiação solar, pluviosidade (chuva), velocidade e direção do vento.

Flumignan acredita que essa nova estação, localizada em uma região peculiar e característica de baixadas, deve agregar informações importantes para as pesquisas agrometeorológicas da região. Ele explica ainda que “Dourados passa agora a contar com duas estações, estrategicamente localizadas, colocando o município numa situação de monitoramento agrometeorológico privilegiado não só em Mato Grosso do Sul, mas em todo o Brasil”.

Eder Pereira Gomes, diretor da Fazenda Experimental da UFGD, destaca a relevância da parceria com a Embrapa Agropecuária Oeste e explica que além de automatizar os dados da estação agrometeorológica, essa iniciativa viabilizou o armazenamento e a disponibilização das informações on-line e em tempo real. “Esse é um trabalho fantástico e importante para as pesquisas de campo. Como trabalhamos com agricultura, essas informações são fundamentais tanto para o planejamento das atividades agrícolas quanto para o registro histórico da fazenda experimental”, disse Éder.

Ele informa ainda que no dia a dia de trabalho, a equipe da UFGD já utilizava, com frequência, os dados do Guia Clima, porém da estação localizada na Embrapa Agropecuária Oeste e finaliza “contar com uma estação no nosso campo experimental, integrada ao Guia Clima, é excelente e possibilitará resultados de pesquisa agrícola ainda mais qualificados, facilitando a tomada de decisões em relação às datas de semeadura, as datas de aplicação de defensivos, com informações de velocidade do vento, entre outros. Toda a comunidade acadêmica da região só tem a ganhar com essa parceria”.

Conheça o Guia Clima

A rede Guia Clima é um sistema de informações climáticas, que monitora e reúne dados com atualização em tempo real a cada 15 minutos, dos municípios de Dourados (Embrapa Agropecuária Oeste e UFGD), Rio Brilhante (Escola Agrícola Professor Olacir Vidal) e Ivinhema (Usina Adecoagro).

Conta ainda com o módulo de balanço hídrico do Guia Clima, que permite verificar níveis atualizados de umidade do solo, para as culturas de: cana-de-açúcar de ano; cana-de-açúcar de ano e meio; soja ciclo precoce; soja ciclo médio; feijão segunda safra; milho safrinha; milho; trigo e vegetação-padrão.

Dourados

Dourados conta com um fluxo populacional de mais de um milhão de pessoas que fazem parte das 38 cidades vizinhas, ou seja, que compõem a região da Grande Dourados. Cidade do Sul do Mato Grosso do Sul, Dourados completa em 20 de dezembro, 87 anos. Um município que possui uma aptidão geográfica natural para a produção agropecuária, pois dispõe de relevo, solo, clima e hidrografia favoráveis.

A região é destaque na produção de milho, soja, cana-de-açúcar, suínos, peixes, entre outros. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2021, revelam que Dourados possui uma população de quase 228 mil habitantes, distribuída num território de pouco mais de 4 mil km², com densidade demográfica de 55 hab/km². É considerada a cidade mais populosa do Interior do Estado, além de ser o 137º maior município brasileiro e o 9º maior município do Centro-Oeste do Brasil.

What's your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0

You may also like

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in:Tecnologia